notícias musicais

top 13 artistas

  1. zurzir
  2. Züriwest
  3. Zumpiattes
  4. Zumbis
  5. Zumbalanço Samba Rock
  6. Zulma Cantora
  7. Zülfü Livaneli
  8. Zucchero
  9. ZRM
  10. Zoroastro
  11. Zorica Brunclik
  12. Zona Zero
  13. Zona Ganjah

top 13 musicas

  1. Hoje
  2. Quero Lhe Falar
  3. Corri
  4. Não Tem Hora e Nem Lugar
  5. Abençoa Nossa Reunião
  6. Curtir
  7. Cumpramos os Requisitos de Deus
  8. Não os Temais!
  9. As Coisas Bonitas de Deus
  10. Declaremos as Boas Novas Eternas
  11. Ainda Existem Cowboys
  12. Eu Não Quero Amar Você
  13. Doido Pra Te Amar
Confira a Letra O Ceifador

Desce a Letra

O Ceifador

Olha nós aqui outra vez, se prepara, seu cuzão
Toma nessa cara meu poema em forma de agressão
Violento como um trem que ficou sem maquinista
Invadindo a cidade destruindo tudo à vista
Se tá tudo bem ao seu redor, no que te cerca
Olha pra janela e vê que o mundo tá na merda
Sua alienação gera manipulação
Tira essa televisão do cu e presta atenção
Eles querem gente burra pra manter sempre na rédea
E nessa matéria sua nota é acima da média
Dinheiro do povo usado no luxo da minoria
A desigualdade mata gente honesta todo dia
Os educadores da nação já ganham mal demais
Deputado filho de uma puta, trinta vezes mais
Dólar na cueca, povo sempre é passado pra trás
O revólver mata gente, a caneta mata mais
Solução pacífica, utópica, nenhum sucesso
Revolta armada, violência, fogo no Congresso
Terror e morte ameaçam o verme desonesto
O Ceifador sujou de sangue a Ordem e o Progresso

E o povo sem condição, tudo precário
E o desvio de verba, do salafrário
Engravatado de merda, vai pro caralho
Sou o Ceifador

Vou arrancar seu sangue, destruir sua cara
Quebrar seus dentes na subida da calçada
Comemorar sua morte dando uma risada (Ha-ha-ha-ha-ha)
Sou o Ceifador

Começou a parte boa da história desgraçada
O momento glosioso da vingança esperada
Como um herói que livra o mundo do mal iminente
O Ceifador invade o Congresso armado até os dentes
São facadas, Molotovs, tiros de todo calibre
Sacrifícios necessários pra tornar o povo livre
Sangue podre, banha, o corte fino do terno importado
Molha o dinheiro sujo no bolso do degolado
A televisão vendida não tem opção viável
Mostra pro país inteiro o show sangrento e memorável
O horário nobre foi tomado de assalto
Por um reality show que agora sim presta pra algo
Lentamente a corrupção morre num ritual
De limpeza feita, de maneira útil e brutal
Pólvora, gravata e sangue se misturam na pintura
Como acontecia todo dia com a ditadura
Chuva, leva o sangue embora junto com a corrupção
No passado fica o terror que trouxe a salvação
O Ceifador foi aclamado, virou herói nacional
Em nome da violência, livrai-nos de todo o mal (Amém)

E o povo sem condição, tudo precário
E o desvio de verba, do salafrário
Engravatado de merda, vai pro caralho
Sou o Ceifador

Vou invadir e vou queimar sua mansão
Sua nova moradia agora é um caixão
No seu velório eu vou gritar e soltar rojão (Ha-ha-ha-ha-ha)
Sou o Ceifador
Sou o Ceifador
Sou o Ceifador

Tracker