notícias musicais

top 13 artistas

  1. Católicas
  2. Racionais Mc's
  3. Luiz Gonzaga
  4. Tribo da Periferia
  5. Flamengo
  6. Xuxa
  7. Padre Zezinho
  8. LetoDie
  9. Roberto Carlos
  10. Robson Biollo
  11. Sorriso Maroto
  12. Hungria Hip Hop
  13. Costa Gold

top 13 musicas

  1. Gritos da Torcida
  2. Márcia
  3. Fico Assim Sem Você
  4. Aloha, e Komo Mai
  5. Jesus Chorou
  6. Da Ponte Pra Cá
  7. Negro Drama
  8. Tô Brisando Em Você
  9. Monstros
  10. Ampulheta
  11. Te Amo Disgraça
  12. Mande Um Sinal
  13. Nossa Conversa
Confira a Letra Guerra Urbana

Equipe GG

Guerra Urbana

Pode crer, falta tanta coisa pra fazer
Pobreza, saúde, problemas pra resolver
Mas cadê a resolução desses dilemas?
O cara que mudar isso vai virar uma lenda
O sistema tem que assumir uma obrigação
E não deixar pessoas morrendo, sofrendo no chão
Querendo apenas um amigo ou irmão
Então oque que custa da uma mão?
Pais matando os filhos, filhos matando os pais
Famílias destruídas e o inimigo pede mais
Quer paz? Hã, isso é só com Jesus cristo
Somente ele pode mudar esse mundo que está perdido
No vício jovens perdem o prazer da vida
Nas drogas, no crack, maconha e cocaína
Fumar ta na moda, há oque que tem?
Mal sabe que esse é o começo pra virar refém
Daquilo que nós não vemos mas podemos perceber
Que o nosso inimigo age naquilo que agente não vê
Porque há maldade em tudo nesse mundo tão profundo
Repleto de ciladas, caminhos obscuros
Malucos são aqueles que não notam essa injustiça
Enquanto um apodrece de rico o outro ta na fila
De um hospital, quase sendo tratado igual
A um animal, que hoje é situação normal
Mas ao mesmo tempo ela pode ser fatal

As guerras não acabaram, tu pode se preparar
Até nos dias de hoje estão difíceis de cessar
As guerras não acabaram não, mas vão acabar
De um jeito ou de outro no final você verá

Guerra, caos, violência, sarjeta
Dignidade que já foi guardada na gaveta
Ricos, pobres, dinheiro, fome
Essa que hoje é a realidade do homem
Onde foi parar o valor do ser humano
Temperatura baixa e o maluco deitado no banco
Da praça, ó meu pai, tenha misericórdia e graça
Nos capacite pra levar da tua palavra
Teus filhos oprimidos que precisam da tua fala
Pedindo por perdão porque querem de volta a alma
Como foi possível chegarmos a esse ponto
A criança mal nasceu e já ta levando soco
Pouco seria justo acordar de manhã
E ter algo pra vestir, uma calça, um casaco de lã
Sair pelas ruas, pode andar sossegado
Sem ter que se preocupar
Com os indivíduos que andam armados
De um lado um tiroteio, do outro um inocente morre
Até a polícia pegar o cara a família sofre
Sofre de mais, como é que um ser humano é capaz
De fazer barbaridades por coisas tão banais
Jamais imaginaria o mundo desse jeito
Até na escola a criança leva um tiro no peito
Cadê o respeito pela vida meu parceiro
Saiba que um dia seremos julgados pelos feitos
Feitos, refeitos, há tempo de se reorganizar
Será que realmente até lá tu não vai marca?
Seja forte meu parça, eu tenho que admitir
As guerra não acabaram, continuam por aí

As guerras não acabaram, tu pode se preparar
Até nos dias de hoje estão difíceis de cessar
As guerras não acabaram não, mas vão acabar
De um jeito ou de outro no final você verá

Tracker