notícias musicais

top 13 artistas

  1. Flamengo
  2. Racionais MC's
  3. Alisson e Neide
  4. Hinos de Cidades
  5. LetoDie
  6. Silvanno Salles
  7. Eliã Oliveira
  8. Samuel Mariano
  9. Católicas
  10. Wesley Safadão
  11. Jorge e Mateus
  12. Akhenaton
  13. Xuxa

top 13 musicas

  1. Jesus Chorou
  2. Gritos da Torcida
  3. Sinceridade
  4. Deus Escrevendo
  5. Monstros
  6. Da Ponte Pra Cá
  7. Sossega
  8. A Vitória Chegou
  9. Meu Abrigo
  10. A Semana Inteira
  11. Fica Tranquilo
  12. Paulo e Silas
  13. Acima de Tudo Rubro-negro
Confira a Letra A Luz Jamais Se Apagará

Quebra de Algemas

A Luz Jamais Se Apagará

O tempo que é muito curto, não seja mais um no escuro,
Pra ser considerado não precisa fumar o bagulho
Viver neste mundo não dá, moleque não queira ficar
Já vi uma pá de cara que não teve tempo pra raciocinar
Não vou desandar, não vou vacilar,
Minha rima é um estopim, em um só momento pode estourar

A mãe se desespera, ao ver seu filho na cela
A vida não é muito fácil pra quem vive aqui na favela
A droga empeira, a estrada é reta, moleque se defenda
É do lado mais fraco que a corda se arrebenta!

Você conhece o ditado, mano não ande ferrado
Não seja mais um entre mil,
Que aqui na quebrada já foram jogados
Viraram finados, é caso encerrado
O tambor vai parar de rodar, quando o gatilho não for apertado
Alguém vai chorar, alguém vai chamar,
A luz que me ilumina jamais se apagará!

(Refrão)
Ouço alguém chorar, vejo alguém me chamar
A luz que me ilumina jamais se apagará!
Ouço alguém chorar, vejo alguém me chamar
A luz que me ilumina jamais se apagará!

O tempo passa, o revólver dispara,
É mais um corpo na calçada crivado de bala
A vida se acaba! (Se acaba!)
Não resta mais nada! (Mais nada!)
É difícil pensar no futuro com a morte rondando aqui na quebrada

Os homens de farda batem na cara, o bote é certeiro e não falha
O homem ignora a justiça de Deus
É resolve sua guerra na bala.
Ensinamento perfeito, vencer parece ilusão
Neguinho parado é suspeito e com certeza correndo é ladrão
É isso que o sistema ensina, o rico promove o racismo
A sobrevivência do preto e o pobre
No mundo parece impossível

Se a guerra começa com um tiro, o tiro começa uma guerra
Não vou apertar o gatilho só pra ver de longe a queda
Sou da favela, veja minha quebra:
Droga, fome e miséria!
Vários malucos daqui se entregaram pro mundo das trevas
As portas que estavam abertas, agora se fecharam
A luz que brilhava apagou, e as trevas dominaram!

(Refrão)

O relógio que marca o tempo
Marca também sua história!
A cada segundo que passa a pilantragem te devora
Futuro sem glória, você não se importa
Se tem mais um negro na fita
É desta maneira que nasce a revolta
A morte aqui bate na porta,
E o sistema quem segue é o meu povo
Não quero voltar ao passado e provar do veneno de novo
Mundo leproso, tipo nervoso, me acusa, me chama de louco
O lobo está a solta, te lança no fogo,
Quem vive escapa por pouco

O conflito aqui é constante, a luta é a todo instante
A perspectiva almejada se torna frustrada
É um sonho distante...
Mas aqui prevalece minha rima
Eu sigo passando por cima
Revidando contra o inferno espero vencer as batalhas da vida
Em cada esquina, em cada viela,
A batalha não morre pra quem vive nela
Algemas se quebram, curando sequelas
Alguém vai chorar, alguém vai chamar,
Quando Cristo voltar pra favela...
Quando Cristo voltar pra favela!

(Refrão)

Tracker