notícias musicais

top 13 artistas

  1. Católicas
  2. Luiz Gonzaga
  3. Tribo da Periferia
  4. Robson Biollo
  5. Irmãs Leonel
  6. Roberto Carlos
  7. Costa Gold
  8. Alisson e Neide
  9. Racionais Mc's
  10. Pânico
  11. Xuxa
  12. Vanilda Bordieri
  13. Padre Zezinho

top 13 musicas

  1. Gritos da Torcida
  2. A Arca de Noé
  3. Jesus Chorou
  4. Um Girassol da Cor de Seu Cabelo
  5. Peneira
  6. Te Amo Disgraça
  7. Coração de Aço
  8. Pousadão
  9. Imperatriz da Noite
  10. Mostra-me Tua Gloria
  11. Estrada
  12. Sossega
  13. Pode Falar
Confira a Letra Vai Dizer

Segunda Lei

Vai Dizer

Vai me dizer o que?
Pedir segunda chance?
O amor e ódio estão
Ao meu alcance

Feito pra ser sombra de alguém?
Não!
Não sou mais um filho
Da televisão

Aprendi e cresci
Respeitado na rua
Não estava só na blusa
A minha conduta

País desigual
Entre mansões e sem teto
Onde a fama e os plaque
Esconde os analfabetos

Guarda seu orgulho
Sua ostentação
Sua inteligência
Desce junto até o chão

Onde a fé de cada um
E bem mais que o sucesso
Se for pra se corromper
Prefiro morrer honesto

Pensei em desistir
Seria coisa do acaso
Por falta de rimar
E não ver nada só o cansaço

Conspiração de um homem só
Com a caneta e o papel
Vai me dizer que hoje é doce
Sem sentir o gosto do fel

Vai dizer
Que nunca tentou
Vai dizer
Que o barco virou
Vai dizer
Que você desistiu de viver desistiu de tentar, desistiu de ter

Tive chances a desisti
Ganhar a vida de forma honesta
Mas meu futuro já tava escrito
Na direção certa

Abrir mentes como moises
Garra de maomé
Vê meu pai varar madrugadas
Fez-me homem mané

Contra minha escolha vária
Desistir? Não
Perdidos cuidando de mim
Criticando minha razão

O porquê escrevo, canto
Faço flow que cultura?
Seu diploma não traduz
Palavras em demasia da rua

Sei onde firmei minha essência
O rap em ação no meu sangue, canto
Por não ser mais um
Vão me socializar como malandro

Foda-se
Se o rap não der dinheiro
Desde os 13
Meu sol nasce mais cedo

Direção, atenção
Com má intenção ladrão
Ser sensação má impressão
Só ilusão

É muita coisa pra fala
E sei que poucos vão me ouvi
Mas se problema tive em quem me da às costas
Eu chuto a bunda e escrevo sozinho

Vai dizer
Que nunca tentou
Vai dizer
Que o barco virou
Vai dizer
Que você desistiu de viver desistiu de tentar, desistiu de ter

Colhi de fruto em fruto
Não foi assim tão der repente
Fertilizei minha mente
Mas também a minha semente

Louco delinqüente
Com a alma de guerreiro
Como a família
O rap é meu amor verdadeiro

Mudei pelas letras de mcs
Que não me mostraram a ganância
Igual disse o poeta
Quem acredita sempre alcança

E vai ser difícil de apagar
Essa chama
Assasinaram a música brasileira
Mas o rap ainda é a mudança

Pacifico e violento
Sigo lapidando ideais
Na sociedade onde solicita respeito
Ja vi qui é pedir de mais

Brasil, velho oeste
Sem leis terra de ninguem
Meu espaço fez peso na terra
Por eles não me calei

Mas sei quem luta por mim
Da raiz já mais me esqueço
Aqui a choque não é de poste
A criança malema tem berço

Foda-se o reconhecimento
Só não quero morre de fome
Quero sentir orgulho no futuro
Conseqüência de quem hoje nem dorme

Tracker