notícias musicais

top 13 artistas

  1. Tribo da Periferia
  2. Lilo And Stitch
  3. Racionais Mc's
  4. Flamengo
  5. Alisson e Neide
  6. Bonde da Stronda
  7. Eminem
  8. Djavan
  9. Sarah Farias
  10. Jorge e Mateus
  11. Roberto Carlos
  12. Caetano Veloso
  13. Adriana Calcanhotto

top 13 musicas

  1. Aloha, e Komo Mai
  2. Sinceridade
  3. Deixa Eu Te Usar
  4. Gritos da Torcida
  5. Magazine (part. Look)
  6. You're My Angel (ft. Lil Wayne / Ludacris / 2Pac / Jadakiss)
  7. Nossa Química
  8. Jesus Chorou
  9. Da Ponte Pra Cá
  10. Perdoa, Meu Amor
  11. Alma de Pipa
  12. Fico Assim Sem Você
  13. O Playboy Rodou
Confira a Letra Estrada Sem Gloria

Tribo da Periferia

Estrada Sem Gloria

Só a gente que vive na periferia sabe o que é o sofrimento, a minha historia começa triste e termina triste como a de vários brasileiros por ai é tipo assim.

De bar em bar pela favela eu vou andando o raciocínio é lento estou no veneno à lama fervente é o meu sentimento vejo os barracos distorcerem vozes ao meu redor a mente pesa, me iguaria podia ser bem pior sou a vergonha da sociedade caído na calçada com os pés no chão, embriagado a camisa rasgada, talvez porque eu não tive estudo muito menos uma infância talvez porque eu não tive sonhos quando era criança.

A minha família nunca teve um motivo de orgulho o barraco de lona fudido em meio aos lixos e entulhos, meu pai foi meu espelho chegava bêbado quebrava tudo, batia na minha mãe trazia o desespero sempre quis ser um cara honesto ter um sorriso, uma família mais o meu sonho se afunda no abismo a cada dia estou aqui mais uma vez na porta de um bar é difícil infelizmente eu me tornei escravo do meu vicio, as cicatrizes do meu corpo ainda doe por dentro são as seqüelas da minha infância quanto sofrimento, eu sou tratado feito um cão deitado na avenida condenado a sofrer pra sempre até o fim da minha vida, hoje é só mais um dia e eu estou sempre aqui é a primeira vez que alguém para pra me ouvir, eu moro logo ali e nem sei quando vou embora acho que é por isso que a minha mãe todo dia triste chora.

(Refrão) (2x)
De bar em bar eu vou trilhando a minha curta trajetória. Mais uma estrada sem gloria. Com lagrimas no olhar vou retratando a minha vida triste. Mais uma historia sem paz.

De bar em bar eu vou traçando o meu destino com lagrimas no asfalto, vendo as estrelas brilharem no céu iluminado com quem eu falo todas as noites e me desabafo entrego meus sonhos a aquele que foi crucificado, só ele não me deixou sozinho e é quem me traz conforto me da incentivo o que é diferente de tantos outros, pra quem dorme na praça hoje é motivo de graça quantas vezes já espalharam meu sangue pela calçada espancamentos, pauladas e chutes na cara canalhas de farda se aproveitam, he eu não queria ser assim mas sou mais um homem perdido, invalido, fútil, inútil outro escravo do vicio fui arrastado pra escuridão da minha inocência jogado na lama maldita e profunda da decadência aonde não vejo um caminho, onde não encontro uma luz mais acredito na palavra de um homem chamado Jesus

(Refrão) (2x)
De bar em bar eu vou trilhando a minha curta trajetória. Mais uma estrada sem gloria. Com lagrimas no olhar vou retratando a minha vida triste. Mais uma historia sem paz.

De bar em bar eu vou trilhando a minha vida triste pela favela vendo os barracos, as crianças brincando nas ruas de terra em um lugar onde as trevas e a violência impera eu fui obrigado a ser vitima dessa maldita guerra, sou um soldado derrotado por minha própria fraqueza o espelho da incerteza o ataque sem defesa, sou mais um filho de Maria no bar embriagado deitado sujo nas esquinas bêbado, desempregado eu podia ser um bandido frio, um assassino, um terrorista que faz medo e ataca a domicilio ou traficante que canta pedra o fodão da área historias como a minha vei eu garanto são varias, mais Deus quis isso pra mim talvez podia ser mais triste eu acho que assim ele sorri tenho fé o senhor existe, a males que vem pra bem, pra mim só veio as lagrimas, doenças, lastimas, magoas é só desgraça eu vou tentar mudar de vida procura uma saída correr atrás do meu alivio, da minha alegria quem sabe um dia eu consiga mudar a minha historia voltar no tempo começar uma nova trajetória, ai amigo a gente ainda vai se encontrar mais na frente e a minha lenda vai ser outra muito diferente eu já vou estar bem notado e recuperado antes que eu me esqueça obrigado por ter me escutado, espero que entenda o por que a derrota do meu procede valeu a presença pode crê vou lembrar de você.

(Refrão) (2x)
De bar em bar eu vou trilhando a minha curta trajetória. Mais uma estrada sem gloria. Com lagrimas no olhar vou retratando a minha vida triste. Mais uma historia sem paz.

E mas o homem chora ao perder seu futuro, uma estrada sem gloria, um horizonte escuro, mas ainda a tempo para voltar atrás, pois nunca é tarde demais (não), nunca é tarde demais, nunca é tarde demais, nunca é tarde demais, nunca é tarde demais, nunca é tarde demais, não é tarde demais, nunca é tarde demais, mais uma historia sem paz.

Discografia Tracker