notícias musicais

top 13 artistas

  1. Angela Maria
  2. LetoDie
  3. Racionais MC's
  4. Católicas
  5. BK'
  6. Ferrugem
  7. Gaab
  8. Samuel Mariano
  9. Eliã Oliveira
  10. Alisson e Neide
  11. Biollo
  12. Djonga
  13. Costa Gold

top 13 musicas

  1. Jesus Chorou
  2. Deus Escrevendo
  3. Sinceridade
  4. Gritos da Torcida
  5. Calmaria
  6. Sou Eu
  7. Largado Às Traças
  8. Cobaia (part. Maiara e Maraísa)
  9. Confusão
  10. Girassol
  11. A Cruz e Os Cravos
  12. Minha Linda Bela
  13. Você Vale Muito
Confira a Letra Nasci Pra Aguentar o Tirão

Xirú Missioneiro

Nasci Pra Aguentar o Tirão

Eu vim no mundo pra fazer meio de tudo
Sou igual sovel cabeludo feito pra aguentar o tirão
Pois tenho o corpo cheio de marca e sinal
De manotasso de bagual e coice de redomão

Eu sou o primeiro que salto de madrugada
Co's garrão quebrando a geada pra recolher os cavalos
E a galope doque a boiera me alumiando
Corto a cochilha assobiando fazendo dueto co's galos

Nasci pra aquentar o tirão
Quando me grudo peleio fruto do barro vermeio
Da velha são luiz gonzaga
Pois trago a poeira colorada incrustada nos meus arreios
Da santa terra abençoada pelos pajés missioneiros

(já nascemo pra guentá o tirão, não é meu amigo
João boccacio? velho catio)

Nos aporreado sou eu que amonto primeiro
E nas guampas do tambeiro sou eu que finco o ajojo
Vou pra mangueira tomando coice das vacas
E ato o terneiro na estaca pra depois gorpeá o apojo
Sou peão de estância das confiança do patrão
E nunca afrouxou o garrão e saiu pura da munha
Quando um turuno se aporreia na mangueira
Bufando escarvando poeira sempre é eu que agarro à unha

Nasci pra aquentar o tirão
Quando me grudo peleio fruto do barro vermelho
Da velha são luiz gonzaga
Pois trago a poeira colorada incrustada nos meus arreios
Da santa terra abençoada pelos pajés missioneiros

Se o bagacera inventa terminá o fandango
Sou o primeiro que me zango e de veredita peleio
Tiro pra fora não surro em frente de gente
E arranco os toco de dente e à tapa e cabo de reio

Sou nêgo taura que não dá vórta pra nada
Pode ser boca entaipada sou contente co'a minha sina
Mas sou o primeiro que a tchanga chama de nêgo
E leva direito aos pelego quando bochincho termina

Nasci pra aquentar o tirão
Quando me grudo peleio fruto do barro vermelho
Da velha são luiz gonzaga
Pois trago a poeira colorada incrustada nos meus arreios
Da santa terra abençoada pelos pajés missioneiros


Tracker